GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Táxi voador autônomo chega a Dubai em julho

O drone chinês EHang 184, apresentado em feira de tecnologia americana em 2016, vai entrar em operação — e te levar por aí como um Uber voador

Táxis autônomos ainda são uma realidade distante. Carros pilotados por robôs, afinal, precisam responder a muitos estímulos que vão de jamantas mudando de faixa a cachorros atravessando a rua —, e é difícil fazer isso melhor que um ser humano.

A não ser, claro, que você possa voar por cima dos cachorros e jamantas.

As autoridades de trânsito de Dubai autorizaram nesta segunda-feira (20) o uso de drones autônomos para prestar serviços de transporte individual na cidade. O EHang 184, de fabricação chinesa, é um drone gigante com cabine e quatro duplas de hélices. Ele atinge 100 quilômetros por hora e 300 metros de altitude em percursos pré-definidos por um aplicativo. Os locais possíveis de decolagem e pouso são selecionados por uma central de comando — não dá para descer em qualquer calçada, claro.

Veja também

Parece ousado, mas é só a ponta do iceberg: até 2030, a capital dos Emirados Árabes Unidos quer ter pelo menos 25% de sua frota, de ônibus a helicópteros, funcionando no piloto automático. O EHang 184 já havia sido anunciado na CES no começo do ano passado, e na época especialistas especularam que problemas com a legislação de espaço aéreo e critérios de segurança de agências de aviação civil atrasariam muito qualquer tentativa de implantá-lo na maior parte dos países.

“O modelo autônomo exibido na World Government Summit [em português, ‘Cúpula Governamental Internacional’, um evento sediado em Dubai entre 12 e 14 de fevereiro] não é só um protótipo”, afirmou Mattar al-Tayer, uma espécie de secretário de transportes da cidade. “Nós voamos com o veículo no céu de Dubai, e estamos fazendo todos os esforços para começar a operação em julho de 2017.”