Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Cientistas da China criam mapa da Lua mais detalhado até agora

Material disponível online mostra mais de 12 mil crateras e é uma síntese do que se sabe sobre a composição, estrutura e evolução da superfície do satélite.

Por Luisa Costa Atualizado em 15 jun 2022, 17h10 - Publicado em 15 jun 2022, 17h09

Como é o relevo da superfície lunar? Quais rochas compõem o nosso satélite? Se você já pensou nessas questões, saiba que, recentemente, cientistas chineses criaram um novo mapa geológico da Lua, com mais detalhes do que nunca – e disponível online.

O mapa é resultado de um projeto que durou mais de dez anos, envolveu centenas de pesquisadores e foi liderado pelo Instituto de Geoquímica da Academia Chinesa de Ciências. Ele reúne dados coletados, por exemplo, nas missões do Programa Chinês de Exploração Lunar (o Programa Chang’e), realizado pela Administração Espacial Nacional da China, a partir do início dos anos 2000 – mas se baseia também em estudos realizados por cientistas de outros países.

O mapa divide a Lua em 30 quadrantes e está na escala 1:2.500.000 (ou 1:2,5M) 1 centímetro equivale a 25 quilômetros. Ele mostra a composição e estrutura de 12.341 crateras de impacto e 81 bacias de impacto presentes na superfície lunar. Há também 17 tipos de rochas e 14 tipos de estruturas documentadas.

Captura de tela do mapa da lua.
Mundo da Lua: mapa geológico recém-divulgado é o mais detalhado até agora. NSSC/CAS/Reprodução

Até então, o mapa mais detalhado da Lua disponível era o Unified Geologic Map of the Moon (ou Mapa Geológico Unificado da Lua). Ele tem escala de 1:5M, foi criado por cientistas do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e divulgado em 2020.

Continua após a publicidade

De acordo com os cientistas, a ideia é que o mapa seja uma síntese do que se sabe atualmente sobre os estratos geológicos, as características estruturais, a litologia e cronologia da superfície da Lua – elementos que, segundo eles, refletem a evolução da crosta lunar.

Captura de tela do mapa da lua, com destaque para a cratera Tycho.
O mapa mostra a composição e estrutura de mais de 12 mil crateras lunares – como a Tycho, em amarelo. NSSC/CAS/Reprodução

Mapas geológicos são recursos importantes para os cientistas porque ajudam a entender a história de 4,5 bilhões de anos do nosso satélite natural. E dá pistas sobre a origem e evolução do nosso próprio planeta também, já que a hipótese mais aceita para o surgimento da Lua é uma pancada que Terra levou de um gigante corpo celeste (o satélite, então, teria se formado a partir dos fragmentos da colisão).

Além disso, os mapas servem de guia para futuras missões: ajudam as agências espaciais a planejarem a exploração da Lua, selecionando, por exemplo, locais de pouso para rovers.

Você pode conferir o mapa na íntegra neste link – mas saiba que pode ser difícil carregar a página, por causa do volume de informação contido ali.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)