Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

O verme na família de cada um

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h53 - Publicado em 31 jan 1999, 22h00

O nematóide, um verme do solo que em dezembro tornou-se o primeiro animal a ter os seus genes totalmente mapeados, tem muito a ver com você, leitor. Quase quatro em cada dez genes do bicho são parecidos com os do homem. O número exato é 36%, de acordo com os dados divulgados pela Genomium Sequencing Consortium, empresa americana que fez o mapeamento. É impressionante, já que o corpo do nematóide tem apenas 959 células e o nosso, 50 trilhões. Mas, números à parte, não há muita diferença entre os mecanismos essenciais dos dois organismos, como a digestão, a reprodução ou as contrações musculares. “Os genes do nematóide vão nos ensinar muito sobre o corpo humano nos próximos anos”, disse à revista americana Science Francis Collins, diretor do Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano, em Bethesda, nos Estados Unidos.

Genes em números

Veja o que a análise genética revelou sobre o animal.

Menos de 1 000 células

O nome completo da espécie que teve os seus genes mapeados é Caernorhabditis elegans. Mede 1 milímetro e habita o solo.

Um quinto do homem

O elegans tem 19 099 genes. Três vezes mais que as bactérias e cinco vezes menos que o homem (que se estima ter 100 000 fragmentos de DNA).

Quase parente

Dois em cada cinco genes do bicho existem também nas células humanas, mostrando que o corpo dele não é tão diferente do nosso como se poderia pensar.

Feito histórico

O mapeamento do verme levou oito anos. Para o americano Gary Ruvkun, que participou do trabalho, “agora conhecemos todos os genes necessários para fazer o organismo de um animal funcionar”.

Continua após a publicidade
Publicidade