Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Oh, querida Clementine

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h50 - Publicado em 26 jul 2009, 22h00

A espetacular imagem do Sol despontando no horizonte, visto do lado oculto da Lua, foi uma das primeiras fotos tiradas pela sonda americana Clementine, lançada no final de janeiro. Ela vai usar câmaras de alta precisão, capazes de mostrar detalhes de apenas 10 metros de extensão, para mapear toda a superfície lunar em dois meses de trabalho. Mais do que bonitas, as imagens revelam a composição química do solo, pois são captadas em onze faixas de luz, da visível à infravermelha. O centro da cratera Tycho, de 85 quilômetros de diâmetro, dá uma idéia do que está por vir.

Publicidade