Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Bruno Garattoni

Por Bruno Garattoni
Vencedor de 15 prêmios de Jornalismo. Editor da Super.
Continua após publicidade

Óculos do Google capturam e traduzem a fala – e podem revolucionar comunicação com surdos

Protótipo combina realidade aumentada com tecnologias já usadas no YouTube e no Google Translate; veja demonstração

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 Maio 2022, 17h10 - Publicado em 12 Maio 2022, 17h01

Protótipo combina realidade aumentada com tecnologias já usadas no YouTube e no Google Translate; veja demonstração

“É como se fossem legendas para o mundo”, diz um funcionário do Google logo após entregar o protótipo dos óculos a uma voluntária. “Você deve estar vendo o que eu estou falando, só que transcrito em tempo real”, explica ele, enquanto a moça faz uma expressão de espanto.  

Um microfone dentro nos óculos capta a fala, que é processada e transformada em texto – e exibida por um miniprojetor de realidade aumentada embutido nas lentes. O gadget também é capaz de traduzir o que as pessoas estão falando. Numa segunda demonstração, uma pessoa fala em inglês enquanto outra, usando os óculos, vê as frases aparecendo em espanhol. 

Se funcionar bem, o sistema de tradução finalmente poderá tornar os óculos de realidade aumentada um produto com apelo de massa – quase dez anos após o lançamento do Google Glass, o primeiro produto do tipo (ele não fez sucesso, e foi descontinuado em 2015). 

Continua após a publicidade

Mas o mais impressionante vem na terceira demonstração, em que uma voluntária surda relata sua experiência ao testar o novo protótipo. Como capturam e transcrevem a fala em tempo real, os óculos poderão revolucionar a vida dos surdos – que conseguirão entender perfeitamente o que qualquer pessoa estiver dizendo. Isso não substituirá a comunicação por libras (o idioma brasileiro de sinais), mas poderá expandir dramaticamente a integração social das pessoas com deficiência auditiva severa. 

Os óculos ainda não têm data de lançamento. Além disso, pela demonstração do Google não fica claro onde está ocorrendo o processamento de dados: se ele acontece nos próprios óculos ou em um smartphone, e se, como parece provável, a tradução/transcrição requer uma conexão à internet (o que sujeitaria o sistema a eventuais problemas de conectividade e latência). 

De toda forma, o protótipo parece muito viável, pois o Google já tem as tecnologias necessárias para fazê-lo funcionar: um excelente algoritmo de captura e transcrição de fala, que é usado no YouTube, e a tradução robótica de alta qualidade do aplicativo Google Translate. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.