Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Há limites oficiais para que pessoas sejam consideradas cegas ou surdas?

Sim. Veja o que a Organização Mundial da Saúde e a legislação brasileira consideram surdez e cegueira totais.

Por Maria Clara Rossini
Atualizado em 10 Maio 2024, 11h50 - Publicado em 10 Maio 2024, 10h00

Sim. A OMS considera que ouvidos saudáveis captam sons a partir de 20 decibéis (dB), o equivalente a um sussurro. Até 35 dB, temos uma perda auditiva leve. Ela ainda é capaz de repetir palavras faladas a um metro de distância, mas tem dificuldade para ouvir em lugares ruidosos. De 35 dB a 50 dB, a perda é moderada: a pessoa não ouve uma geladeira ou uma chuva leve.

A perda é severa caso a pessoa não consiga ouvir entre 60dB e 80dB, o que equivale a conversas altas até o alarme de um despertador. Entre 80dB e 95dB, a perda auditiva é profunda, e o paciente não consegue ouvir o barulho do metrô ou uma motosserra. 

Daí chegamos à surdez total, dos 95 dB em diante: o indivíduo não consegue ouvir praticamente nenhum ruído do dia a dia. No Brasil, a Lei 14.768 de 2023 garante direitos de pessoa com deficiência a partir de 41 dB.

Continua após a publicidade

No caso da visão, uma pessoa saudável consegue ler as letrinhas do teste de acuidade visual (a tabela de Snellen, aquela que todo mundo lê no oftalmologista) a 6 metros de distância.

Diz-se que acuidade é 6/6, uma fração que dá 1 – ou seja, normal. Qualquer resultado menor que 1 indica alguma falta de nitidez. Existe deficiência visual leve (acuidade inferior a 6/12), moderada (inferior a 6/18) e grave (inferior a 6/60). A OMS considera cego quem tem acuidade inferior a 3/60.

Tanto a cegueira quanto a surdez têm diferentes causas, e podem ser totais ou parciais. Catarata, glaucoma, degeneração macular e retinopatia diabética são alguns problemas que podem levar à cegueira. E a surdez pode ser consequência de viroses, exposição a ruídos, traumas na cabeça, entre outros. Vale lembrar que cada uma dessas causas tem suas particularidades, e qualquer deficiência precisa ser avaliada e acompanhada por outros exames médicos.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

Fontes: OMS; Artigo “Hearing loss grades and the International classification of functioning, disability and health

Pergunta de @fernanda1sa, via Instagram

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.