GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Barulho faz silêncio

Responda depressa: será possível acabar com um barulho fazendo mais barulho ainda? É, sim, desde que cada barulho anule o outro. A agência espacial norte-americana NASA está fazendo experiências com o chamado antibarulho para calar o som das turbinas dos aviões que chega às cabines. Os testes são possíveis graças a uma invenção muito anterior à aviação. No século XVIII, o físico e barão francês Joseph Fourier inventou um método matemático para decompor qualquer som em ondas simples e regulares. O método permite reproduzir exatamente um som ou produzir outro que seja a imagem espelhada do primeiro – o antibarulho.

Assim, a NASA instala microfones nas turbinas a fim de transmitir seu ruído a um computador. Este, depois de analisar o som, desenha uma onda sonora inverso à do ruído das turbinas. O antibarulho é então transmitido através dos alto-falantes para as cabines. Quando as ondas sonoras dos dois barulhos se encontram o resultado é uma onda simples, sem oscilações: o silêncio. Dominada a tecnologia do antibarulho, um Jumbo poderá ser tão silencioso para seus passageiros como um planador.