Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Descoberta a relação molecular entre sono e humor

Você já pode usar a genética como desculpa para o seu mau humor matinal.

Por Camila Almeida Atualizado em 31 out 2016, 19h06 - Publicado em 25 fev 2016, 15h15

A gente não precisa de ciência para afirmar que uma noite mal dormida estraga nossos dias – e daqueles que têm o azar de estar à nossa volta. Porém, a relação molecular entre o sono e o humor ainda era um mistério. 

Uma nova pesquisa descobriu uma série de raras mutações genéticas no gene que definitivamente conecta os dois. Pessoas que possuem transtornos de humor como depressão e mania, por exemplo, normalmente têm um problema de sono associado. 

LEIA: Cérebro pode ser controlado durante o sono 

O responsável seria o gene PERIOD3, que desemprenha, de acordo com as experiências, um papel fundamental na regulação do ciclo sono-vigília. Isso quer dizer que essas mutações influenciam diretamente o humor e sua relação com alterações no nosso relógio biológico, que é afetado pelo sono e por fatores como disponibilidade de luz e temperatura.

Para investigar como esse gene atua, a equipe analisou geneticamente uma família que sofria tanto de distúrbios do sono quanto do humor. E conseguiram verificar, nesses indivíduos, duas variantes raras do PERIOD3. Descobriram também que esse tipo de alteração aparece em apenas 1% da população. 

Continua após a publicidade

Em seguida, os pesquisadores fizeram os testes com ratos, que tiveram sua genética modificada para possuir essas duas variantes do gene em questão. Os camundongos transgênicos também apresentaram sinais de depressão e dificuldades para dormir. “O papel de PER3 na regulação do humor nunca havia sido demonstrado antes”, afirmou a neurocientista Ying-Hui Fu, coordenadora do estudo na Universidade da Califórnia, em São Francisco.

Os pesquisadores acreditam que a descoberta dessas variações no gene podem ajudar pacientes a se adaptar melhor a mudanças sazonais e a regular melhor o relógio biológico. Dependendo de como os estudos evoluam, eventualmente, seria possível produzir remédios que atuem diretamente nesse gene, ajudando pacientes que sofrem de transtornos de humor e sono. 

LEIA TAMBÉM:

Mau humor e pessimismo podem ter causa genética

Dormir mal deixa você mau caráter

5 coisas que deixam você mais inteligente

Continua após a publicidade
Publicidade