Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Nostalgia faz bem

Se você curte reviver fotos, músicas e até receitas do passado, faz bem: a nostalgia aumenta sua vitalidade e dá sentido à existência

Por Ana Carolina Leonardi Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 mar 2018, 16h32 - Publicado em 1 dez 2016, 17h24

Ser nostálgico não é estar preso no passado, de acordo com um novo estudo da University de Southampton, na Inglaterra. Pelo contrário: isso aumenta sua vitalidade e deixa você mais preparado para lidar com o presente e com o futuro.

Pesquisadores mostraram aos voluntários músicas antigas com letras sentimentais e pediram que eles se lembrassem de memórias queridas para entender como se sentiam logo depois de passar pela onda de saudosismo.

Um dos principais sentimentos que eles relataram experimentar depois da seção de nostalgia foi o de “autocontinuidade”. Essa sensação era avaliada por um questionário com frases como “Me sinto conectado com meu passado” e “Importantes aspectos da minha personalidade continuam os mesmos ao longo do tempo”. Os pesquisadores acreditam que quando olhamos para o passado, temos uma compreensão melhor de quem somos.

astelo

Continua após a publicidade

Mas a sensação não é só individual: quando você resgata boas memórias com pessoas amadas, também tem uma sensação de “conexão social”. Quando estamos mais ligados com o passado, a sensação de pertencimento também é reforçada.

Por último, os pesquisadores perceberam que essa sensação de autocontinuidade levava a um aumento na vitalidade dos participantes que, ao fim da experiência, se sentiram cheios de energia. Isso é especialmente importante porque, de acordo com os autores, a nostalgia tende a surgir quando estamos mais tristes e solitários.

Tim Wildschut, um dos pesquisadores do estudo, definiu a nostalgia como uma “resposta imunológica psicológica”. Ele disse à revista Scientific American que o sentimento surge quando experimentamos dificuldades e funciona como um mecanismo de defesa.

Lembrar de tempos melhores cria sensações positivas que ajudam a romper o aspecto negativo da solidão. Mais do que isso, segundo os psicólogos, ela combate a “ameaça existencial”: o passado nos ajuda a encontrar propósito para seguir no presente.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.