GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Furia Mongol

1200 - 1400<br>Genghis Khan e seus descendentes controlaram um quinto do planeta. Fizeram planos de dominar o mundo. E o mais incrível: quase conseguiram

Texto Rui Dantas

Nas planícies remotas e geladas da Mongólia, em plena Ási Central, um menino pobre acabaria se transformando num dos maiores conquistadores de todos os tempos. Seu nome: Genghis Khan. Impiedoso, com fama de cruel e sanguinário, o guerreiro mongol conseguiu a proeza de derrotar o Império Chinês. Multiplicou seu território por 3 em menos de 20 anos, entre 1206 e 1225. Quando morreu, em 1227, seus domínios se estendiam do mar Cáspio ao oceano Pacífico.

Após a morte de Genghis Khan, um de seus filhos, Ogodai, tratou de dar continuidade às guerras de conquista. Resultado: por volta de 1280, os mongóis controlavam mais de um quinto do planeta – o maior império que a humanidade já viu. Da Europa Oriental a Vladivostok, tudo pertencia àquele povo. Com o tempo, essa vastidão territorial foi se desintegrando, dando lugar a uma constelação de Estados independentes. Era o fim do sonho de Genghis Khan e seus descendentes. Eles queriam conquistar o mundo. E quase conseguiram.

ENQUANTO IS, NA AMÉRICA CENTRAL… ASTECAS

Em 1325, os astecas fundam sua capital, Tenochtitlán, no exato local onde hoje fica a cidade do México. Àquela altura, já eram temidos pelos povos vizinhos. O motivo? Fama de sanguinários adquirida ao longo de décadas em que eles atuaram como mercenários, a serviço das cidades-Estado que dominaram a região após a queda do Império Tolteca. A partir da fundação de Tenochtitlán, no entanto, os astecas ampliaram seus domínios principalmente em direção ao sul, até a fronteira com a atual Guatemala. Como todas as demais civilizações précolombianas, ergueram templos piramidais e palácios fabulosos, com recursos extorquidos dos povos derrotados. Até a chegada dos conquistadores europeus, no século 16, eles reinaram absolutos naquela região, sob a liderança de governantes como o lendário Montezuma.Tenochtitlán, àquela altura, era um dos maiores centros urbanos do mundo, com pelo menos 250 mil habitantes. Perdia em tamanho somente para as cidades de Roma, Paris, Veneza e Constantinopla, mas dava um banho de planejamento urbano em todas elas. Construída numa ilha bem no meio do lago Texcoco, era atravessada por centenas de canais, onde navegavam barcos e boiavam canteiros flutuantes com flores e verduras. A água potável vinha das montanhas, trazida por aquedutos. Nada disso, contudo, resistiu à invasão dos espanhóis liderados por Hérnan Cortés, em 1519.

Império otomano
Surge uma nova potência mundial

Com o declínio do Império Mongol, lá pelo início do século 14, os turcos otomanos foram ganhando espaço entre a Ásia e a Europa. Começaram criando um Estado na região oeste da Anatólia (atual Turquia). Mas rapidamente se transformaram numa das grandes potências mundiais. Primeiro, dominaram os Bálcãs e tomaram dos bizantinos a cidade de Constantinopla – fazendo dela sua capital, em 1453. Depois, avançaram pelo norte da África, parte da Arábia e toda a Mesopotâmia. No século 17, quando atingiu seu auge, o Império Otomano ia do estreito de Gibraltar ao golfo Pérsico.

1200

ÁSIA E OCEANIA
• Um monge retorna da China e introduz o zen-budismo no Japão.
• O islamismo substitui crenças hindus na região centro-sul da Ásia.

AMÉRICAS
• A cidade de Cuzco, no Peru, é fundada pelo governante inca Manco Capac.
• A civilização de Tiahuanaco, nos Andes, entra em colapso.

1230

EUROPA
• Ferdinando 3º unifica os territórios de Leão e Castela, na Espanha.
• O papa Gregório 9º instaura a Inquisição.
• Jaime 1º de Aragão reconquista dos árabes a região de Valência, na Espanha.
• Felipe 3º da França unifica o norte e o sul do território francês.

1300

ÁSIA E OCEANIA
• Técnicas teatrais começam a ser aprimoradas na China.

EUROPA
• Mais de 500 catedrais góticas são construídas por toda a Europa cristã.

1350

EUROPA
• A peste negra mata aproximadamente 75 milhões de pessoas na Europa.
• Turcos-otomanos derrotam os búlgaros e passam a controlar a Macedônia.

O legado de Khan
Do correio express ao macarrão

• Genghis Khan (acima) era um estrategista militar genial, que vencia batalhas mesmo quando estava em desvantagem numérica. Suas táticas foram copiadas por generais da 2ª Guerra Mundial.

• Os mongóis inventaram o correio express. Com entrepostos a cada 40 quilômetros e cavalos velozes, correspondências que levavam até 10 dias para chegar passaram a ser entregues em apenas 24 horas.

• Foi no contato com os mongóis que o aventureiro italiano Marco Polo acabou conhecendo o macarrão. Mais tarde, ele teria levado a novidade para a Itália, onde fez enorme sucesso.

• Nos tempos do Império Mongol, a Rota da Seda reviveu seus dias de glória. O comércio entre Europa, Ásia Central e Extremo Oriente enriqueceu cidades ao longo do caminho e promoveu intenso intercâmbio cultural.

• Tolerância religiosa foi uma característica do Império Mongol. Cristãos, islâmicos e budistas viveram em paz sob seus domínos.