Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Edmund Husserl: “Toda a consciência é consciência de algo”

O criador da fenomenologia: um termo aparentemente complexo, mas de significado simples - e profundo

Por Da Redação Atualizado em 16 out 2019, 13h05 - Publicado em 29 out 2015, 13h30

O filósofo, astrônomo e matemático Edmund Husserl queria encontrar a certeza. Inspirado em Descartes, buscava libertar a filosofia da dúvida. Então, fundou a fenomenologia, abordagem que propunha olhar para as nossas experiências com uma postura científica. Segundo esse método, tudo o que é real é fenômeno — e aí está a essência das coisas.

Diferentemente de Kant, que aceitava a existência de uma verdade incompreensível, Husserl não acreditava em uma realidade inacessível. Há somente o fenômeno ou a essência, que é a maneira como compreendemos as coisas materiais ou imateriais. A abordagem marcou a história da filosofia porque ofereceu um modo de pensar todos os tipos de realidade.

Publicidade