Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Como são produzidos os alimentos em pó?

A secagem por spray transforma alimentos, como leite, sucos de fruta, caldos e até ovos, em pó. Primeiro, o alimento passa por uma câmara de desidratação por ar quente. No caso do leite, o líquido com 13% de sólidos é concentrado até virar uma pasta com 48% de sólidos. A pasta é pulverizada sob alta […]

Por Tiago Jokura Atualizado em 4 jul 2018, 20h22 - Publicado em 31 mar 2009, 15h23

A secagem por spray transforma alimentos, como leite, sucos de fruta, caldos e até ovos, em pó. Primeiro, o alimento passa por uma câmara de desidratação por ar quente. No caso do leite, o líquido com 13% de sólidos é concentrado até virar uma pasta com 48% de sólidos. A pasta é pulverizada sob alta pressão na câmara de secagem, gerando um spray de gotas minúsculas. Durante a queda – em contato com ar quente a 250 ºC – as gotículas perdem umidade e viram pó. Partículas mais finas ficam suspensas no ar que resfriou em contato com as gotículas de leite. Esse ar mais frio é aspirado para o ciclone, que separa o pó mais fino para se juntar ao pó da câmara de secagem. O ar, livre de partículas, volta para a atmosfera. Após a secagem, o pó é transportado por rajadas de vento e recebe borrifadas de lecitina de soja para aglomerar as partículas. A superfície irregular dos grânulos maiores permite que a água entre pelas frestas e que o pó ganhe status de “instantâneo”, ou seja, mais fácil de se dissolver. O produto final é embalado em sacos de 25 quilos para venda por atacado ou em latas e saquinhos que vão para o supermercado. O interior das embalagens é revestido com alumínio, formando uma barreira contra umidade e luz solar.

Publicidade