GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

As duas faces do vírus herpes

Nos últimos meses, o vírus do herpes vem sendo chamado de vilão e de mocinho. Vilão, porque a equipe liderada pelo epidemiologista Patrick Moore, da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, descobriu que ele está ligado ao sarcoma de Kaposi, câncer de pele comum nos casos de Aids. Analisando aidéticos, os cientistas encontraram um pequeno pedaço do vírus em 33 dos 39 voluntários portadores do sarcoma.

Já a porção mocinho do vírus foi apontada por cancerologistas ingleses, liderados pelo professor de medicina da Universidade da Columbia Britânica, William Jia. Ele pretende modificar o vírus geneticamente, tornando-o capaz de destruir tumores cerebrais. A idéia é “construir” um vírus de herpes que só cresça nas células cancerosas, matando-as. Os primeiros testes com ratos já deram resultados encorajadores: os tumores desapareceram em 48 horas, sem atingir os tecidos saudáveis ao seu redor.

Nos últimos meses, o vírus do herpes vem sendo chamado de vilão e de mocinho. Vilão, porque a equipe liderada pelo epidemiologista Patrick Moore, da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, descobriu que ele está ligado ao sarcoma de Kaposi, câncer de pele comum nos casos de Aids. Analisando aidéticos, os cientistas encontraram um pequeno pedaço do vírus em 33 dos 39 voluntários portadores do sarcoma.

Já a porção mocinho do vírus foi apontada por cancerologistas ingleses, liderados pelo professor de medicina da Universidade da Columbia Britânica, William Jia. Ele pretende modificar o vírus geneticamente, tornando-o capaz de destruir tumores cerebrais. A idéia é “construir” um vírus de herpes que só cresça nas células cancerosas, matando-as. Os primeiros testes com ratos já deram resultados encorajadores: os tumores desapareceram em 48 horas, sem atingir os tecidos saudáveis ao seu redor.