GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Cerveja… dá barriga

Fácil culpar a cerva por você ter uma pança em vez de um tanquinho. Mas ela é inocente da acusação. A gordura corporal está relacionada a muitos fatores, inclusive genéticos, mas engordar depende principalmente da ingestão calórica diária. O álcool é bastante calórico: são 7 calorias por grama. “Só que um copo de cerveja de 200 mililitros tem o mesmo número de calorias de um suco de laranja”, explica a nutricionista Camila Leonel, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O problema é que ninguém toma 10 copos de suco, um atrás do outro, mas muita gente manda para dentro 10 latinhas de cerveja ou 10 chopes. “Qualquer produto consumido em excesso leva ao aumento de peso. É tudo uma questão da quantidade e da frequência em que você bebe”, frisa a especialista. Também é confortável atribuir à pobre bebida sua “barriga de cerveja”, esquecendo dos acompanhamentos – quase sempre petiscos gordurosos, como batatas fritas, pastel, bolinho, provolone à milanesa, torresmo… Se você não pratica nenhuma atividade física e ingere mais calorias do que queima, o resultado é o excesso de gordura localizada no abdômen. Com ou sem cerveja.

Se você ingere mais calorias do que queima, o resultado é excesso de gordura localizada no abdômen. Com ou sem cerveja.