GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O elo entre a AIDS e os macacos

Alguns especialistas acreditam que as primeiras vítimas da Aids foram os macacos da África. Mas não havia prova disso. Sabia-se que os macacos são vítimas de uma doença similar à Aids, que afeta o sistema de defesa do organismo, mas o vírus causador (chamado SIV) parecia não ser transmissível de uma espécie a outra. Agora, uma equipe de geneticistas lidera dos por Beatrice Hahn, da Universidade do Alabama, o HIV infecta as chamadas células CD4, onde se pensava que ficaria quieto por longo período.

Mas a luta é imediata: as CD4 são estouradas pelos vírus e pelas células de defesa, as T “matadoras”.

Morrem até dois bilhões de CD4 por dia e quase outro tanto de vírus, dentro e fora das células.

O HIV leva pequena vantagem e a longo prazo é o de sempre: a infecção derrota as defesas.

Estados Unidos, examinou em detalhes a seqüência do código do DNA de 124 amostras de sangue de babuínos amarelos da Tasmânia, colhidos e congelados há dez anos.

Beatrice notou que dois dos macacos estavam infectados pelo mesmo vírus normalmente encontrado em outra espécie, os macacos verdes africanos. A conclusão dos pesquisadores é a seguinte: se o SIV dos macacos verdes pode ser transmitido para os babuínos amarelos, ele pode muito bem ter conseguido passar também para o homem, já como a variante batizada de HIV.