GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A cada ano, a Lua se afasta 3,15 centímetros da Terra

Está vendo aquela Lua, que brilha lá no céu? Ela está cada dia mais longe.

É impossível perceber sem o auxílio de instrumentos de altíssima precisão, mas a cada ano a Lua se afasta 3,15 centímetros da Terra.

Para entender como isso acontece, é preciso lembrar três aspectos do movimento dos dois astros. O primeiro é a atração gravitacional que um exerce sobre o outro. Do mesmo modo como a Terra atrai a Lua, esta também puxa o planeta. “Essa puxada deforma a esfera terrestre, que fica ligeiramente ovalada”, explica Simone Daflon, do Observatório Nacional do Rio de Janeiro.

O segundo aspecto é como essa deformação freia a rotação da Terra. À medida que o planeta gira em torno de si mesmo, a deformação muda de lugar. Aí, a atração da Lua passa a puxar o “bico” da Terra, no sentido contrário ao da rotação do planeta. Assim segurada, ela gira mais lentamente.

Por fim, o terceiro aspecto, uma lei da Física: sempre que um corpo diminui sua velocidade de rotação, como acontece com a Terra, ele “solta” um pouco o que está “amarrado” a ele, ou seja, a Lua.

Acompanhe o exemplo da bailarina que rodopia sobre a ponta dos pés, com os braços encostados ao corpo. Se ela esticar os braços, a velocidade do rodopio diminui. E vice-versa: se seu rodopio for freado, seu braço tenderá a se esticar, e sua mão, a se afastar do corpo. Se você considerar que o tronco da bailarina é a Terra, a mão, a Lua, e o braço, a gravidade que une os astros, vai entender por que o satélite vai fugindo lentamente.

Jogo de puxa e freia

A Lua segura a Terra e acaba escapando dela aos poucos.

1. Do mesmo jeito que a força de gravidade da Terra atrai a Lua, esta também puxa a Terra. Essa puxada deforma o planeta e deixa a esfera ligeiramente ovalada.

2. Como o planeta não pára de girar, a deformação se desloca para o lado.

3. Agora, o ponto deformado pela Lua chega a uma posição em que é puxado no sentido inverso ao da rotação do planeta. Isso freia a Terra. Por isso, a Lua escapa para um pouco mais longe.