Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade

Tudo sobre Linguística

SI_430_linguas_thumb
Sociedade

Línguas separatistas: a história de 13 conflitos linguísticos pelo mundo

Por Carolina Fioratti Atualizado em 27 ago 2021, 18h28 - Publicado em 20 ago 2021, 13h22
Uma língua é mais que um código compartilhado: é o cerne da identidade de um povo. E quando as fronteiras não correspondem aos idiomas, começa a confusão.
Na maioria das línguas, essas palavras derivam dos termos para "pôr do Sol" e "nascer do Sol", ou "direita" e "esquerda". Entenda a etimologia.
O nosso "vermelho" vem do latim vermiculus, diminutivo de vermis ("verme"). Essa palavra também existe em inglês, francês etc., mas não é muito comum: vermillion.
Essa é uma descoberta antiga: 2 mil anos atrás, Plínio, o naturalista romano, já havia observado que exemplares da mesma espécie de pássaro provenientes de lugares diferentes não soam iguais.
SI_417_IrmaosGrimm_home
História

A verdadeira história dos irmãos Grimm

Por Texto: Bruno Vaiano | Design: Estúdio Nono | Ilustração: Gustavo Rodrigues | Edição: Alexandre Versignassi Atualizado em 27 ago 2020, 14h11 - Publicado em 14 jul 2020, 10h38
Jacob e Wilhelm não foram camponeses contadores de histórias. Foram nerds do século 19 que se trancaram na biblioteca para buscar as tradições de um país que não existia: a Alemanha.
Se em outras línguas latinas ela vem da ideia de "graça" (como grazie, gracias etc.)?
Todos os povos do mundo têm saudações – mas quase nenhuma é uma tradução literal de "bom dia".
"Hoje" vem do latim "hoc die" – "neste dia". O legal mesmo é a raiz da palavra "dia" – que tem a ver com Deus.
SI_Telefone
Cultura

Todos os idiomas transmitem 39,15 bits de informação por segundo

Por Guilherme Eler Atualizado em 5 set 2019, 19h39 - Publicado em 5 set 2019, 19h20
Estudo mostrou que as línguas mais rápidas só são rápidas porque são menos eficientes: precisam de mais sílabas para transmitir a mesma ideia.
Site_VoynichManuscript
História

Linguista afirma ter decifrado o misterioso manuscrito de Voynich

Por A. J. Oliveira Atualizado em 17 Maio 2019, 11h35 - Publicado em 16 Maio 2019, 19h06
Mas especialistas em cultura medieval questionam validade do artigo científico – que foi publicado nesta semana e noticiado em jornais do mundo inteiro.
polenta
Ciência

Você consegue pronunciar as letras V e F? Agradeça à polenta.

Por Bruno Vaiano Atualizado em 21 jan 2021, 19h48 - Publicado em 15 mar 2019, 17h29
Pesquisadores associam o uso das consoantes às mudanças na mandíbula propiciadas pelo consumo de alimentos moles e cozidos no período neolítico.
SI393_guia linguístico_1
Ciência

A mensagem de perigo projetada para durar 10 mil anos

Por Bruno Vaiano Atualizado em 29 Maio 2020, 14h01 - Publicado em 24 ago 2018, 15h41
A saga dos arquitetos e designers que precisavam sinalizar um lixão nuclear para as civilizações do futuro – que não falarão nossas línguas, e talvez sequer sejam do nosso planeta.
Da mesma maneira que na Islândia, nos tempos antigos de Portugal os filhos recebiam "patronímicos". Escavamos a árvore genealógica do próprio Pedro Álvares Cabral para provar.
Pessoas só dizem obrigado quando recebem ajuda em 1 em cada 20 casos
Comportamento

Pessoas só dizem “obrigado” em 1 a cada 20 favores que recebem

Por Bruno Vaiano Atualizado em 23 Maio 2018, 16h12 - Publicado em 23 Maio 2018, 15h17
1057 conversas em 8 línguas comprovam que o ser humano não é bom em expressar gratidão: mesmo no país mais educado, só se agradece em 14,5% das ocasiões
Em um experimento, crianças de 5 meses passaram 40% mais tempo prestando atenção em vozes infantis que em vozes adultas – mesmo quando os adultos tentavam imitar bebês
Conheça Shigeru Miyagawa, o linguista do MIT que abraçou Darwin para responder a um dos maiores mistérios da ciência: por que o ser humano é capaz de falar?
Dicionário de juridiquês
Sociedade

Dicionário de juridiquês

Por Ingrid Luisa 4 abr 2018, 18h00
Entenda todos os data venias do STF
Com um porém: o conteúdo da "conversa" com o animal precisa ser relevante para ele. Não adianta tentar contar seu dia no trabalho
Ou pelo menos é o que propõe Daniel Everett – pesquisador americano famoso por ter opiniões polêmicas sobre a origem da linguagem no ser humano.
Publicidade