GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Bactérias que viveriam em Marte

Cientistas do Laboratório do Noroeste do Pacífico, em Richland, Washington, acharam os mais resistentes seres que não precisam da luz solar para sobreviver. São bactérias cujo habitat fica a mais de 1 000 metros de profundidade, sob o leito do Rio Columbia. Lá, em completa escuridão, elas só têm rocha, gás carbônico e água – as mesmas substâncias encontradas no subsolo marciano. Mesmo as bactérias que surgem em bocas de vulcões submarinos (veja Vulcões, Senhores da Morte, na página …) dependem de outros microorganismos que fazem a fotossíntese. Mas as bactérias marcianas tiram energia do hidrogênio produzido pela reação da água com o ferro das rochas basálticas.