Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade

Tudo sobre Planetas

A observação foi feita no sistema estelar GW Ori. Ele possui uma lacuna em seu disco de poeira e gás, que parece ter sido causada pela formação de planetas no espaço.
Tudo começa com a análise das ondas sísmicas que percorrem o interior do planeta. Os geocientistas separam estes dados e combinam com outras informações já conhecidas sobre a Terra, como sua órbita. Saiba detalhes neste vídeo da Super.
As ondas sísmicas, a composição química de rochas de origem magmática, a órbita do planeta e até seu campo magnético são dados importantes para o trabalho dos geocientistas.
De acordo com pesquisadores, o composto seria formado a partir de uma reação entre fosfeto e ácido sulfúrico. Dessa forma, a hipótese de que a fosfina remete à vida extraterrestre seria descartada.
O TOI-1231 b, recém-descoberto por cientistas, está a 90 anos-luz de nós e possui 15,4 vezes a massa da Terra.
Até civilizações alienígenas correriam risco de aquecimento global, sugere estudo
Ciência

Civilizações alienígenas também causariam aquecimento global, diz estudo

Por Carolina Fioratti Atualizado em 6 abr 2021, 16h49 - Publicado em 6 abr 2021, 16h48
Simulação feita por pesquisadores mostra os efeitos que a colonização teria em outros planetas.
18-03_Oumuamua_SITE
Ciência

Objeto interestelar Oumuamua pode ser fragmento de um exoplaneta

Por Carolina Fioratti Atualizado em 18 mar 2021, 20h43 - Publicado em 18 mar 2021, 19h15
O 1º objeto de fora do Sistema Solar detectado em nossa vizinhança parece ser feito de nitrogênio congelado – oriundo de um planetinha similar a Plutão.
Mais velho que a própria Terra, o EC 002 carrega pistas sobre os primeiros protoplanetas que deram origem ao Sistema Solar.
O LHS 3844b, a 45 anos luz da Terra, pode ter um hemisfério lotado de vulcões – e outro completamente inativo – por causa da dinâmica do magma em seu interior.
E isso não tem nada a ver com vida alienígena. As ondas indicam a existência de um campo magnético no planeta, que se encontra a 51 anos-luz da Terra.
Júpiter e Saturno se alinharão de forma rara em 21 de dezembro
Ciência

Alinhamento entre Júpiter e Saturno acontece nesta segunda-feira

Por Carolina Fioratti Atualizado em 21 dez 2020, 13h26 - Publicado em 15 dez 2020, 16h22
O evento, conhecido como “Grande Conjunção", será visível no mundo inteiro. A última vez em que os planetas apareceram tão próximos foi no século 13.
Artigos publicados na revista "Nature" sugerem que o astro guarda um oceano em seu interior – além de contar com atividades vulcânicas.
“Nebulosa do Esquimó” e “Galáxia dos Gêmeos Siameses”, por exemplo, devem ser os primeiros termos abandonados pelos cientistas.
O código indica a posição do corpo celeste em um catálogo astronômico – M31, por exemplo, significa que Andrômeda é o objeto número 31 do catálogo Messier.
SI_Aurigae_star
Ciência

Astrônomos registram nascimento de planeta em outro sistema estelar

Por Carolina Fioratti Atualizado em 22 Maio 2020, 19h04 - Publicado em 22 Maio 2020, 16h24
O bebê está localizado a 520 anos-luz da Terra, em torno de uma estrela da constelação de Auriga – veja o vídeo.
SI_382_Planetas
Ciência

Como é o recheio de cada um dos planetas do Sistema Solar?

Por Lucas Telles e Rodrigo Ratier Atualizado em 28 Maio 2020, 19h03 - Publicado em 14 Maio 2020, 15h39
Para além da Terra: com dados de telescópios e sondas espaciais, dá para saber com razoável certeza como é o miolo dos nossos vizinhos.
Localizado a 640 anos-luz da Terra, o planeta está tão próximo de sua estrela que a temperatura por lá ultrapassa os 2.400 ºC.
SI_Arrokoth
Ciência

Este objeto pode responder um mistério sobre a formação dos planetas

Por Bruno Carbinatto Atualizado em 14 fev 2020, 19h44 - Publicado em 14 fev 2020, 19h17
O Arrokoth é o objeto mais antigo e mais distante a ser estudado por humanos. E pode revelar segredos da formação do Sistema Solar.
Pesquisadores identificaram mais quatro desses estranhos objetos que se parecem com nuvens de gás, mas se comportam como estrelas.
nasa_gettyimages_estagiario_nasa_planeta_dois_sois
Ciência

Estudante de 17 anos descobre novo planeta, com dois sóis

Por Carolina Fioratti Atualizado em 14 jan 2020, 13h07 - Publicado em 13 jan 2020, 18h28
Distante 1300 anos-luz da Terra, é o 13º planeta à la Tatooine já identificado pela NASA.
Publicidade