GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Não confunda as fases da lua

Corno se faz para saber se a Lua está na fase minguante ou crescente, sem apelar para o calendário? Existem duas situações bastante simples: se ela estiver visível à tarde, está em fase crescente. Ao contrário, se aparecer de manhã, está na fase minguante. Em outros horários, é preciso ter noção dos pontos cardeais. Se antes da meia-noite ela estiver do lado oeste (onde o Sol se põe), é Lua crescente. Mas, se depois da meia noite ela for vista do lado leste (onde o Sol nasce), é minguante. Outra forma de descobrir a fase lunar é perceber o lado para o qual a borda iluminada está virada: para o oeste, é crescente, para o leste, minguante. Estes dois métodos valem para qualquer ponto da Terra em que você esteja, menos para os pólos, onde não existem leste e oeste.

Outro método fácil de memorizar as fases é verificar com que letra a Lua se parece no céu. Se tiver a forma de um “C”, é crescente (que começa com a mesma letra). Mas, se lembrar um “D” (de decrescente), é minguante. Essa regra, porém, só vale ao sul do equador. No hemisfério norte, as coisas acontecem exatamente ao contrario (veja ilustração abaixo). Na linha do equador, este método também não funciona. É que, no céu equatorial, a Lua caminha deitada, como uma barca ou um arco (a barca de cabeça para baixo).

A Lua invertida Ela parece um “C” ou um “O”. Depende do hemisfério em que você está Como você está abaixo da linha do equador (hemisfério sul), a Lua Crescente aparece como uma letra “C”. Para ver a Lua como alguém que está acima do equador (hemisfério norte), vire a revista de ponta cabeça: ela se parece agora com a letra “D”. Quem está próximo à linha do equador não vê nem um “C” nem um “D”. É que nessa região, a Lua percorre o céu deitada, como uma barca ou um arco.