Clique e assine com até 75% de desconto

Por que a pipoca de microondas deve ser posta com um lado certo para cima?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h20 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49

Na verdade, o buraco é mais embaixo – o que importa não é o que está em cima, mas sim o fundo do saquinho. Olha só: a base da embalagem tem uma camada de poliéster metalizado, um material parecido com o plástico, mais escuro e pesado que o resto do saco. Essa camada tem uma função superimportante: o poliéster faz com que as ondas de calor emitidas pelo microondas se concentrem em um só local. Atraindo as ondas, o material aumenta o calor no fundo do saquinho (a temperatura pode chegar a 250 ºC!), dando uma bela força para a eficácia do estouro. Como essa camada é mais pesada, os fabricantes costumam recomendar que ela fique virada para baixo – por isso vem escrito “este lado para cima” no outro extremo da embalagem. Mas se você tiver um ataque de rebeldia e virar o saco do lado contrário, o máximo que pode acontecer é a pipoca demorar mais tempo para estourar e deixar mais piruás, aqueles grãos de milho que não viram flor. De resto, pode ficar tranqüilo: as camadas de poliéster já são usadas há mais de 15 anos nas embalagens de pipoca, sem alterar o gosto da guloseima ou causar qualquer problema à saúde.

Publicidade