Clique e assine a partir de 8,90/mês

Qual é a origem da expressão “fazer uma vaquinha”?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h29 - Publicado em 18 abr 2011, 18h52

Tudo indica que ela tenha sido criada pela torcida do time de futebol do Vasco, durante a década de 20. Na época, os fãs do clube carioca adotaram uma tática bastante eficiente para estimular os jogadores em campo. A cada resultado positivo, os atletas recebiam um prêmio em dinheiro arrecadado pelos torcedores. O valor dependia do placar e era inspirado em números do jogo do bicho. Um empate, por exemplo, valia “um cachorro”, que corresponde ao número 5 no bicho. Nesse caso, os boleiros embolsavam 5 mil réis. Uma vitória comum geralmente rendia “um coelho”, o número 10 no jogo, ou o equivalente a 10 mil réis. Mas a recompensa mais cobiçada era justamente “uma vaca”, o número 25 – ou seja, nada menos que 25 mil réis, pagos somente em vitórias históricas ou em conquistas de títulos.

Com o tempo, a expressão “fazer uma vaca”, ou “fazer uma vaquinha” passou a ser usada sempre que um grupo de pessoas rachava uma despesa comum. Décadas depois, a palavra “vaca” ou “vaquinha” também foi usada para apelidar as cédulas de 100 cruzeiros. “No jogo do bicho, ela representa também o grupo de números terminados em 00. A associação deve ter surgido daí”, afirma o filólogo (estudioso da língua e das palavras) José Pereira da Silva, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Publicidade