Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

É verdade que o o amianto, usado em caixas d¿água, é cancerígeno?

Mas o risco surge apenas quando o material é partido, rachado ou danificado, e seu pó liberado no ambiente. Beber água de uma caixa d¿água de amianto não é perigoso.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h37 - Publicado em 30 jun 2002, 22h00

Andrea Nathan

(Cleiton Rausch, Blumenau, SC)

Sim, esse ele é responsável por diversos tipos de câncer, que atacam principalmente o aparelho respiratório. Uma vez dentro do corpo humano, as fibras microscópicas do pó de amianto nunca mais são eliminadas. Além de serem imunes às células de defesa do nosso corpo, essas fibras estimulam as mutações celulares, que são a origem dos tumores. “Mas o risco surge apenas quando o material é partido, rachado ou danificado, e seu pó liberado no ambiente. Beber água de uma caixa d’água de amianto não é perigoso”, afirma o médico ocupacional Phil Landrigan, da Escola de Medicina Mount Sinai, em Nova York. Mineradores, trabalhadores da construção civil e outros profissionais que precisam manipular o amianto são os mais afetados, pois o câncer só ocorre após longos períodos de exposição. “Os sintomas podem levar até 50 anos para aparecer”, diz o toxicologista Peter Wardenbach, do Instituto Federal de Segurança Ocupacional e Saúde da Alemanha.

Nas últimas décadas, o amianto foi amplamente utilizado devido às suas inúmers qualidades, como resistência ao fogo e à corrosão, pouco peso e baixo custo de produção. Hoje, porém, já foi banido dos Estados Unidos e de quase toda a União Européia. No Brasil, sua utilização ainda é permitida, mas tramita no Congresso Nacional um projeto para que ela diminua progressivamente e seja totalmente abolida em 2005.

Continua após a publicidade

Publicidade