Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Publicidade

Tudo sobre espaço

Cientistas britânicos apostam em motores de propulsão nuclear para acelerar viagens espaciais
Ciência

Rolls-Royce aposta em motores nucleares para viagens a Marte

Por Carolina Fioratti Atualizado em 16 jan 2021, 08h18 - Publicado em 15 jan 2021, 19h35
A empresa fechou um acordo com a agência espacial britânica para investir na tecnologia, que pode reduzir pela metade o tempo de viagem ao Planeta Vermelho.
SI_423_Novas_Galaxia_GN_z11
Ciência

Astrônomos flagram explosão de raios gama mais antiga do Universo

Por SUPER Atualizado em 15 jan 2021, 10h01 - Publicado em 10 jan 2021, 09h58
Ela aconteceu 400 milhões de anos após o Big Bang.
SI_423_Novas_Aranhas
Ciência

Sem gravidade, aranhas usam luz para tecer teias

Por SUPER Atualizado em 15 jan 2021, 09h06 - Publicado em 10 jan 2021, 09h04
É o que descobriu um experimento feito na ISS que investigou os aracnídeos por dois meses.
No caso de uma galáxia espiral como a Via Láctea, elas percorrem órbitas em torno do centro – onde tudo indica haver um imenso buraco negro.
A espaçonave está sendo desenvolvida para enviar humanos e cargas em missões à Marte. E apesar do acidente, Elon Musk disse estar satisfeito com o andamento do projeto.
SI_422_spacexcelulasespaco
Ciência

SpaceX leva células ao espaço

Por SUPER Atualizado em 18 dez 2020, 14h11 - Publicado em 10 dez 2020, 14h10
A ideia é usá-las para estudar os efeitos da microgravidade na perda muscular durante viagens ao espaço.
A operação faz parte da Missão Hayabusa 2, organizada pela Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), que tem como objetivo elucidar questões sobre a formação do Sistema Solar.
O atlas, que conta com mais de 1,8 bilhão de estrelas, pode trazer pistas sobre a formação do Sistema Solar e a taxa de expansão do Universo.
Missão ClearSpace-1 deve realizar primeira manobra em 2025 e tem como alvo detrito de 112 quilos deixado no espaço em 2013.
Tecnologia aplicada pode ainda liberar alumínio, ferro e outros pós metálicos para serem utilizados na construção de uma base na Lua.
Vírus sobrevivem no espaço?
03m09s
play_circle_outline

Vírus sobrevivem no espaço?

Por Carolina Fioratti Atualizado em 30 out 2020, 18h52 - Publicado em 30 out 2020, 18h49
Eles já mostraram que são capazes de se espalhar com facilidade pela Terra, mas será que poderiam prosperar no vácuo do espaço? Saiba mais sobre o período de viabilidade dos vírus.
Sonda da Nasa coleta amostra de asteroide
Ciência

Sonda Osiris-Rex, da Nasa, coleta pedaço de asteroide. Veja vídeo

Por Guilherme Eler Atualizado em 22 out 2020, 15h01 - Publicado em 21 out 2020, 20h10
Missão deve retornar à Terra – com amostras do asteroide Bennu na bagagem – em 2023.
Banheiro de US$ 23 milhões é enviado para testes na ISS
Ciência

Banheiro de US$ 23 milhões é enviado para testes na ISS

Por Carolina Fioratti Atualizado em 13 out 2020, 19h20 - Publicado em 13 out 2020, 19h17
Entre as mudanças do novo toalete está o design mais inclusivo, pensado no conforto das astronautas mulheres durante as viagens espaciais.
Asteroide 2020 SW
Ciência

Asteroide do tamanho de um micro-ônibus passa perto da Terra

Por Carolina Fioratti Atualizado em 25 set 2020, 16h55 - Publicado em 25 set 2020, 16h54
Ele se aproximou mais que as órbitas da Lua e dos satélites geoestacionários, mas não ofereceu risco pelo tamanho diminuto e a trajetória.
Ratos astronautas retornam à Terra – como eles podem contribuir para a ciência?
Ciência

Ratos astronautas que retornaram à Terra podem contribuir para a medicina

Por Carolina Fioratti Atualizado em 14 set 2020, 17h28 - Publicado em 14 set 2020, 17h26
Assim como os humanos, os camundongos também enfrentam perda óssea e muscular no espaço – mas um composto aplicado nos animais viajantes ajudou a reverter essa situação.
Mas não fique triste com o isolamento social: embora a área do céu analisada seja imensa, ela ainda está para o Universo como uma piscina de quintal está para os oceanos da Terra.
Pesquisa indicou mudanças em áreas ligadas à atividade motora. Mas mostrou que o cérebro volta ao normal alguns meses após o retorno.
Evento aconteceu há 7 bilhões de anos e gerou uma singularidade raríssima de porte intermediário, com 142 vezes a massa do Sol.
26-08_Tanpopo_SITE
Ciência

Bactérias podem sobreviver 3 anos no espaço, mostra experimento japonês

Por Guilherme Eler Atualizado em 27 ago 2020, 14h30 - Publicado em 26 ago 2020, 17h22
Missão Tanpopo investiga o comportamento de micróbios em ambientes extremos. E há quem defenda que isso pode servir, também, para explicar a origem da vida na Terra.
Artigos publicados na revista "Nature" sugerem que o astro guarda um oceano em seu interior – além de contar com atividades vulcânicas.
Publicidade