Clique e assine com até 75% de desconto

Quanto tempo demora para fazer uma vacina?

A vacina contra a Covid-19 pode estar disponível em 2021. Veja quantos anos a ciência levou para chegar à imunização de outras doenças.

Por Maria Clara Rossini Atualizado em 21 out 2020, 14h32 - Publicado em 22 abr 2020, 20h18

Cientistas do mundo todo estão correndo para criar uma vacina contra a Covid-19. Muitas já começaram os testes em humanos e encontram-se na terceira fase de pesquisa, em que o imunizante é aplicado em milhares de pessoas para verificar sua segurança e eficácia.

A vacina, no entanto, ainda deve demorar meses para ser aplicada em massa. E isso, por incrível que pareça, será um dos maiores triunfos da história das vacinas. Você pode conferir mais sobre as etapas de desenvolvimento das vacinas nesta reportagem.

A vacina contra o SARS-Cov-2 pode ser aprovada pela Anvisa, Food and Drug Administration e outras agências regulatórias do mundo em breve, se tornando a mais rápida a ser desenvolvida na história. Na Rússia, a Sputnik V já recebeu aprovação emergencial. Descobrir o vírus, desenvolver e testar dezenas de vacinas em menos de dois anos, como está acontecendo com a Covid-19, será um marco para a ciência – tudo isso graças a pesquisas de base e a implementação de novas tecnologias.

O gráfico abaixo mostra quanto tempo levou para chegar na imunização contra as principais doenças da história. Leia no sentido horário. As barras começam na data da descoberta do micróbio que causa a doença e terminam no ano de aprovação da vacina pela Food and Drug Administration (FDA), órgão sanitário regulatório dos Estados Unidos. As barras brancas representam doenças que ainda não possuem vacina.

 

Juliana Krauss/Superinteressante

A vacina da varíola, de 1796, não aparece no gráfico porque foi inventada antes da descoberta do vírus causador. A palavra “vacina”, inclusive, vem de “vaca”, porque a vacina da varíola original usava o vírus da varíola bovina para imunizar contra a versão humana. Até hoje, ela é a única doença erradicada globalmente.

A vacina BCG, contra tuberculose, não é amplamente utilizada nos EUA. Colocamos aqui o ano em que ela passou a ser usada em humanos.

  • Fonte: Our World in Data

    Continua após a publicidade
    Publicidade