Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade
Bzzzzz Por Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (ABELHA) A Terra é dos insetos, você só vive aqui porque eles deixam. Um blog para despertar a curiosidade de mamíferos que matam mosquitos e correm de abelhas.
As flores da vitória-régia e das ninfas d’água formam casulos quentinhos e cheios de comida para os insetos – que aproveitam o clima para copular.
Sim. A descoberta foi feita em 1960, quando uma bióloga descobriu uma mosca obesa.
Nos últimos anos, estudos têm revelado espécies inéditas de abelhas e vespas no bioma brasileiro. Conheça os animais que têm comportamentos dignos de filme de terror.
Você já parou para pensar nos seres que vivem debaixo do nosso teto? Conheça o projeto brasileiro que pretende investigar a biodiversidade dentro de espaços urbanos.
Elas andam pela beiradinha, claro. E se caírem, não tem problema: no começo da fabricação, o mel não é tão viscoso. Depois, quando ele engrossa, as abelhas tampam os potes com cera.
A fabricação da guloseima de fato envolve passar o néctar por dentro do corpinho dos insetos. Mas ele fica numa bolsa separada – e não chega a ser digerido.
Em época de estiagem, as mudas de plantas apresentam uma taxa de sobrevivência até 51% maior quando esses insetos estão no solo – que fica 36% mais úmido.
As plantas não conseguem correr dos insetos que desejam almoçá-las, mas têm um arsenal complexo para se defender deles – que inclui detecção à distância e produção de substâncias tóxicas.
O público pediu, eles voltaram: entenda como os insetos mais carismáticos da natureza evoluíram a capacidade de usar a polarização da luz para levar sua valiosa esfera até a toca.
Drinks intantâneos na ponta da língua e umidificador de ar para o interior dos ninhos: os artrópodes têm truques para lidar com a previsão do tempo.
O conjunto de compostos químicos que envolve o corpo dos insetos sociais informa a colônia a que pertencem, sua posição hierárquica e muitas outras informações úteis para organizar a vida coletiva.
No Dia Mundial da Abelha, entenda como esses insetos se reproduzem – e veja por que uma característica diferente de uma subespécie da África gera um comportamento tão curioso.
Para se defender de ácaros vampiros e bactérias que as transformam em gosma, as abelhas possuem eficientes estratégias de defesa – e não se importam de sacrificar as doentes em prol da colmeia.
Eles têm a função de limpar o cocô do pasto, enterrando junto parasitas perigosos. Mas o vermífugo ministrado aos bois mata esses insetos – e atrapalha a produção.
Especula-se desde 1934 que os cupins evoluíram como um ramo na árvore filogenética das baratas. Em 2007, a confirmação gerou um rebuliço entre os biólogos.
Embora a visão de larvas em um cadáver não seja agradável, elas podem revelar o tempo transcorrido desde a morte e substâncias tóxicas no corpo da vítima.
Menos de 1% das 14 mil espécies de formigas conhecidas têm algum potencial para causar danos a humanos. E sua importância se manifesta de maneiras silenciosas em nossas vidas.
Existe apenas uma espécie de vespa capaz de polinizar a planta, e todo seu ciclo de vida gira em torno do figo. Agora, agricultores paulistas planejam trazer esses insetos especialistas para impulsionar a produção nacional.
Elas vêm do interior do ralo e avisam quando está na hora de lavar a sala do trono – pois consomem matéria orgânica humana acumulada nos cantinhos do box.
Os vegetais não viram salada passivamente: liberam substâncias tóxicas para se defender, e contam com a ajuda de animais parceiros para lutar.
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês