Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Publicidade

Tudo sobre queimadas

Datadas de cerca de 430 milhões de anos, elas podem ajudar a entender mais sobre o desenvolvimento do planeta durante a era Paleozoica.
O continente gelado já foi verde – e passou por queimadas causadas por vulcões. Veja o que revela a pesquisa realizada pelo projeto brasileiro Paleoantar.
Fenômeno meteorológico reduziu fluxo de ar da floresta e afetou as chuvas.

Queimadas humanas destroem mais que as naturais

Por SUPER Atualizado em 15 jan 2021, 09h51 - Publicado em 10 jan 2021, 09h46
Além de avançarem mais rápido, elas também matam até três vezes mais árvores.
Áreas de conservação foram reduzidas drasticamente nas últimas semanas devido ao fogo. E a culpa não é só do clima seco: incêndios ilegais são comuns.

Incêndios na Austrália afetaram quase 3 bilhões de animais, dizem cientistas

Por Carolina Fioratti Atualizado em 28 jul 2020, 17h21 - Publicado em 28 jul 2020, 17h18
Segundo relatório, aumento anormal da temporada de queimadas prejudicou dezenas de espécies, causando mortes e perdas de habitat.
A área destruída tem o tamanho da cidade de Belém (PA). E logo estará em chamas: os incêndios geralmente começam dois meses após a remoção da mata nativa.

Fogo controlado pode ajudar a evitar grandes incêndios florestais, diz estudo

Por Bruno Carbinatto Atualizado em 22 jan 2020, 16h24 - Publicado em 22 jan 2020, 16h17
Mas não se engane: isso só funciona em alguns tipos de florestas, e quando há muito planejamento técnico envolvido

O quanto a Austrália já queimou

Por SUPER Atualizado em 28 jan 2020, 19h05 - Publicado em 18 jan 2020, 18h58
O país tem um longo histórico de queimadas. Mas a temporada de incêndios atual, que consumiu um território equivalente ao da Coreia do Sul, foge da curva.

O que explica a temporada anormal de incêndios na Austrália

Por Guilherme Eler Atualizado em 10 jan 2020, 20h22 - Publicado em 10 jan 2020, 19h29
Em 2019, país teve seu ano mais quente e seco. A culpa, claro, é do aquecimento global – somado a dois fenômenos climáticos locais.

Fumaça dos incêndios na Austrália atinge o Brasil

Por Carolina Fioratti 8 jan 2020, 17h12
Após percorrer mais de 12 mil km desde a Oceania, névoa chega ao Sul do país.
A Amazônia foi um dos principais focos, mas grandes queimadas atingiram também a África, Ásia e o Círculo Polar Ártico.
Feito de produtos naturais, material consegue impedir o alastramento das chamas de forma surpreendente. Veja vídeo.

Queimadas deixam céu vermelho na Indonésia

Por Maria Clara Rossini 24 set 2019, 18h23
Tonalidade incomum é resultado de altas concentrações de um poluente específico. Entenda como o fenômeno acontece – e o papel dos incêndios.

Amazônia sitiada: a relação entre queimadas e desmatamento

Por Guilherme Eler Atualizado em 16 set 2020, 12h32 - Publicado em 23 set 2019, 18h54
A maior ameaça à soberania nacional está dentro do nosso território. Saiba quem são os agentes por trás dos desmatamentos – e como ganham dinheiro com isso.
O engenheiro florestal Rubens Benini explica à SUPER por que a remoção da floresta de um local aumenta o risco de fogo espontâneo na vegetação nativa que resta nas redondezas.

Os satélites da Nasa e as queimadas na Amazônia: entenda a confusão com os dados

Por Guilherme Eler Atualizado em 22 ago 2019, 19h54 - Publicado em 22 ago 2019, 19h25
Informações divulgadas pela agência espacial americana confirmam ou negam o maior número de focos de incêndio no norte do Brasil dos últimos dias? A resposta é: confirmam. E nós explicamos por quê.

Afinal, a fumaça que deixou São Paulo no escuro veio mesmo da Amazônia?

Por Guilherme Eler Atualizado em 21 ago 2019, 18h58 - Publicado em 21 ago 2019, 15h05
Institutos de pesquisa divergem sobre o tamanho da influência de incêndios da região norte no fenômeno. Mas uma coisa é certa: queimadas mudam, sim, o céu de cidades pelo Brasil.

Por que as árvores do Cerrado possuem troncos tortuosos?

Por Lucas Baptista Atualizado em 4 jul 2018, 20h24 - Publicado em 7 abr 2016, 16h30
É devido a uma combinação de fatores naturais. A flora do Cerrado possui características biológicas que a protegem da morte em caso de queimadas
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)