Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade

Tudo sobre METEORITO

Pesando 1,4 tonelada, o fragmento encontrado nos anos 1990 ficará exposto no Museu de Geodiversidade da federal fluminense – e pode ajudar cientistas no estudo sobre a formação do Sistema Solar.
Mais velho que a própria Terra, o EC 002 carrega pistas sobre os primeiros protoplanetas que deram origem ao Sistema Solar.
Saiba as datas e horários para observar o fenômeno, que já está acontecendo - e é uma boa pedida para quem está querendo sair da rotina na quarentena.
Os grãos pré-molares sobreviveram às altas temperaturas da zona de surgimento do Sol e podem ajudar a compreender esse cenário.
Até agora, a única evidência de que o dito cujo de fato existe é, literalmente, de outro planeta – um meteorito que caiu na Austrália em 1951.
É a primeira vez que isso é registrado. Veja o vídeo do momento da colisão entre a rocha, que tem o tamanho de uma bola de futebol, e nosso satélite natural
Encontrar dinheiro no bolso da calça ou no meio do sofá é uma coisa. Descobrir que o seu segurador de porta veio do espaço e vale US$ 100 mil é outra.
Pesando mais de 10 quilos, o objeto, avaliado em US$ 100 mil, pertencia a um morador de Michigan, nos EUA
Ciência, Mundo Estranho

Como ocorrem as estrelas cadentes?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h14 - Publicado em 18 abr 2011, 19h00
Trata-se de um fenômeno luminoso criado pelo atrito e pela vaporização de corpos sólidos vindos do espaço, os chamados meteoróides. Eles penetram na atmosfera a velocidades altíssimas – até 250 000 quilômetros por hora – e logo se desintegram. É esse processo que enxergamos como um rastro luminoso no céu e chamamos de estrela cadente. […]
Publicidade