Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade

Blogs

Esta #MulherCientista pesquisa maneiras de substituir nanomateriais sintéticos por alternativas brasileiras e baratas – e que podem ser usadas no chip do seu celular
Ainda na época das Grandes Navegações, os europeus perceberam que as costas da África e do Brasil se encaixam como um quebra-cabeça. Mas provar a deriva continental foi um dos maiores esforços intelectuais da história – comparável à descoberta da dupla-hélice do DNA.
AZD7442 combina dois anticorpos monoclonais de longa ação, e demonstrou 77% de eficácia contra infecção pelo Sars-CoV-2; medicamento, que pode servir de complemento às vacinas, passou pela última fase de testes em humanos e foi submetido à aprovação da FDA 
Roteador mesh do Google, que está sendo lançado no Brasil, cobre bem a casa com sinal de internet - mas rival oferece desempenho similar por R$ 1.000 a menos; leia review
Novos processadores têm até 10 núcleos e, na versão Max, GPU com potência equivalente ao PlayStation 5; lançamento deve colocar a Apple na liderança isolada de performance, mas preços são altos - no Brasil, modelo mais caro vai custar o valor de um carro 0 km.
Esta #MulherCientista defende o conceito de saúde única: preservar o bem-estar dos animais para garantir o nosso – e vice-versa.
Quase todos os bichos têm a sua hora da soneca – mas cada um tira o cochilo à sua maneira.
Saiba o que esse e outros termos do juridiquês significam.
Como as energias limpas podem dar à luz uma economia mais estável
O fascínio do Homo sapiens pelo sobrenatural é algo muito, muito antigo. Entenda.
Não. Mas se você for judeu, pode ganhar cidadania graças à Lei do Retorno de 1950. Entenda.
Sim. A prática chama lockpicking – e você pode treiná-la dentro de casa.
Na maior parte das vezes, não. Mas há alguns instrumentos de voo que precisam ser corrigidos pela rotação terrestre
A partir de outubro, na Super, textos para terráqueos interessados no que aconteceu nos 4,5 bilhões de anos em que não estiveram por aqui.
Depende do critério: há cédulas com muitos zeros em países que sofrem com inflação anormal. Mas elas valem pouco no câmbio. O jeito é procurar cédulas altas em países de moeda forte.
Essa #MulherCientista usa matemática para avaliar, por exemplo, se a letalidade da doença está relacionada a fatores socioeconômicos locais.
Publicidade