Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês

Edição do mês

capa

Clonagem: três décadas depois
Ciência

Clonagem: três décadas depois

Por Reinaldo José Lopes
Quase 30 anos após o nascimento da ovelha Dolly, os avanços científicos que a clonagem prometia, como a geração de células e órgãos humanos para transplantes, não aconteceram. Entenda por quê – e saiba quais são as perspectivas para o futuro.

CARTA AO LEITOR

A armadilha psicológica do "no meu tempo que era bom..."
Ideias

A armadilha psicológica do "no meu tempo que era bom..."

Por Bruno Vaiano
Esse viés cognitivo mexe com o jeito como você consome música, TV e até a própria Super. E é tão antigo quanto a própria civilização.

essencial

Os pit bulls nascem maus ou a sociedade os corrompe?
Ciência

Os pit bulls nascem maus ou a sociedade os corrompe?

Por Rafael Battaglia
Em 2023, o Brasil registrou 51 mortes causadas por cães – um recorde. Entenda o que torna um cachorro mais ou menos agressivo, e até que ponto a raça dele tem a ver com isso (spoiler: nem tanto).
Rio Grande do Sul: como reconstruir um estado
Sociedade

Rio Grande do Sul: como reconstruir um estado

Por Bruno Carbinatto | Design: Caroline Aranha | Edição: Bruno Vaiano
A recuperação será longa e complexa, mas também é uma oportunidade de se adaptar a um futuro com desastres climáticos cada vez piores. Entenda o que podemos aprender com tragédias como o furacão Katrina e o tsunami de 2004 na Indonésia.
Como é feito um triple A
Ciência

Como é feito um triple A

Por Bruno Garattoni, da Islândia
A indústria de games nunca faturou tanto, mas está em crise. Motivo: a produção dos triple A (os jogos mais sofisticados) ficou cara demais. Entenda as razões, e veja como um estúdio da Microsoft aposta em uma nova técnica – que, além de reduzir custos, promete um salto de realismo.
A história do breaking, das ruas do Bronx às Olimpíadas
Cultura

A história do breaking, das ruas do Bronx às Olimpíadas

Por Rafael Battaglia
Essa dança de passos acrobáticos vai estrear como modalidade olímpica nos Jogos de Paris, que começam em julho. Entenda como o movimento, que é um dos pilares da cultura do hip-hop, saiu da periferia de Nova York para o mundo.
O ano religioso dos muçulmanos é lunar, com dez dias a menos que o cristão. Já o calendário chinês é lunissolar, que de tempos em tempos inclui um 13º mês.
Em 1582, o Papa Gregório XIII cortou dez dias do calendário: dia 4 de outubro foi sucedido pelo dia 15 de outubro. Entenda como e por que isso aconteceu.
Por que a semana tem 7 dias?
História

Por que a semana tem 7 dias?

Por Maria Clara Rossini
Saiba de onde veio o mito da criação presente no Gênesis – e quem decidiu que o fim de semana teria dois dias.
Por que dividimos o dia em 24 horas, e as horas em 60 minutos?
História

Por que dividimos o dia em 24 horas, e as horas em 60 minutos?

Por Maria Clara Rossini
Nossa medição de tempo é uma herança da astronomia egípcia e do sistema de contagem sumério.
O que é o segundo bissexto, e por que ele vai acabar?
História

O que é o segundo bissexto, e por que ele vai acabar?

Por Maria Clara Rossini
Os relógios atômicos tornaram nossa medição de tempo mais precisa que a própria rotação da Terra. Entenda por que precisamos adicionar “segundos bissextos” ao horário de vez em quando.

novas

EUA descobrem megarreserva de hélio
Ciência

EUA descobrem megarreserva de hélio

Por Bruno Garattoni
Reserva afasta receio de esgotamento desse gás - que é o segundo elemento mais abundante do Universo, mas escasso na Terra
Neuralink admite problema em implante
Ciência

Neuralink admite problema em implante

Por Bruno Garattoni
Primeiro chip colocado em paciente humano perdeu parte dos eletrodos, diz empresa
Empresa conecta "biocomputador" à internet
Tecnologia

Empresa conecta "biocomputador" à internet

Por Bruno Garattoni
Ele pode ser acessado 24h por dia para fazer experiências à distância.
Estudo revela neurônios que controlam busca por comida
Ciência

Estudo revela neurônios que controlam busca por comida

Por Maria Clara Rossini
Em pesquisa com ratos, a ativação das células VGAT deixou os animais frenéticos por alimento – mesmo quando estavam sem fome.
Essa manchete correu a internet. Mas se baseia num estudo que tem um erro conceitual.
3 notícias sobre: habilidades animais
Ciência

3 notícias sobre: habilidades animais

Por Bruno Garattoni
A medicina dos primatas, a matemática das aves e até a cognição dos insetos.

tech

O notebook de R$ 30 mil
Tecnologia

O notebook de R$ 30 mil

Por Bruno Garattoni
O Strix Scar 18 reúne a melhor tela, o melhor processador e a melhor placa de vídeo disponíveis hoje. E cobra um preço à altura.
Tech: os 4 produtos mais interessantes de junho
Tecnologia

Tech: os 4 produtos mais interessantes de junho

Por Bruno Garattoni
Um máquina de fazer cerveja, o travesseiro com airbags embutidos, um case que mostra o smartphone por dentro - e o carro elétrico que recarrega 70% da bateria em dez minutos

playlist

A filha de M. Night Shyamalan estreia na direção com um terror estrelado por Dakota Fanning, em cartaz nos cinemas.
Pérolas do Streaming: o melhor da Netflix, do YouTube, do AppleTV+ e do MUBI em junho
Cultura

Pérolas do Streaming: o melhor da Netflix, do YouTube, do AppleTV+ e do MUBI em junho

Por Bruno Garattoni
Um físico e suas versões quânticas, a final da Eurocopa que quase acabou em tragédia, histórias de gringos que vivem no Brasil - e o francês que se rebelou contra uma peça chata
Playlist: 5 coisas para ler, ver e jogar em junho
Cultura

Playlist: 5 coisas para ler, ver e jogar em junho

Por Bruno Garattoni
A primeira aventura de Charles Darwin, como era fazer terapia com Freud, a realidade da energia fóssil, mistério numa plataforma de petróleo – e o remake de um clássico da Nintendo

ORÁCULO

Sim. Mas as diferenças anatômicas entre machos e fêmeas são tão discretas que acabam sendo imperceptíveis.
Esse grupo de dissimulação usava até balões gigantes – em forma tanque de guerra – para ludibriar as forças inimigas.
Não: não há um duende visitando sua casa durante a noite para pintá-las.
Majoritariamente hidrogênio e hélio. Mas a verdade é que tanto faz: o que interessa, em um buraco negro, não é a composição química.
Saiba como evitar os bichinhos nas embalagens de macarrão.
Ninguém, caro leitor: essa fusão de palavras é um fenômeno natural de pronúncia. Só nos resta registrá-lo com o acento grave.
Há muitas razões: as letras têm formas ambíguas e precisariam ficar muito grandes. Além disso, o Braille tem estratégias únicas para economizar espaço.
Sim. Mas isso só rola em casos muito específicos. Entenda.
Sim, e há várias formas de fazer isso: você pode editar o genoma do bichinho, simular a seleção natural ou até criá-lo do zero.
É impossível saber o nome exato do dito-cujo. Mas há evidências de democracia na pré-história, muito antes de Atenas.
Várias regras são flexibilizadas quando um desastre acontece; veja exemplos.
Conheça a lógica por trás dos teclados árabe, cirílico, japonês e chinês
Manual: como se tornar um dublador?
Cultura

Manual: como se tornar um dublador?

Por Rafael Battaglia
Do registro profissional à rotina de um estúdio, veja o que é preciso para colocar a sua voz à obra.
O caminho entre a empresa e o gênero musical passa por tribos anglo-saxãs, colchões de ar e um cenário de clipe do Prince.

última página

O console já foi a plataforma mais rentável de games – posto que foi ocupado pelos jogos de celular desde 2011. Veja o infográfico que mostra a evolução da indústria desde 1970.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.